Gostar de mim!

“Existe em mim um enorme vazio. Um vazio que promove o meu isolamento. Sei que devia sair e ir ter com amigos, mas sei que depois me vou sentir mal. Não consigo sair e não me comparar com as outras pessoas e. Isso dói tanto. Todos me parecem melhores que eu! Mais competentes, mais interessantes, mais atraentes. Enfim, sinto que não tenho valor. As pessoas que me são mais próximas referem que alcancei muitos sonhos e que tenho valor, contudo, sinto que o dizem para me agradar, porque gostam de mim. É como se tivessem pena de mim e me dissessem esses elogios para eu me sentir melhor. Eu sei que não tenho valor…”

Esta é a história de alguém que vive com uma baixa auto-estima. Esta é a história de alguém igual a tantas outras pessoas, contudo, é a história de alguém que conhece bem as suas fragilidades e essa consciência abriu o caminho para a procura de bem-estar, abriu o caminho para a procura de ajuda!
Ao longo da nossa vida temos momentos de paz e felicidade, mas temos igualmente a nossa porção de dor. Acontecem coisas que não esperávamos, que não merecíamos, que não entendemos. Isso Dói…
Há, porém, o facto curioso de que em muitas ocasiões somos nós mesmos a fazer as coisas que depois nos fazem sofrer.
Gostar de nós próprios é talvez o mais importante dos factores para sermos felizes, aquele que garante a nossa sobrevivência num mundo cada vez mais difícil de enfrentar. Quando nos sentimos bem connosco próprios, quando acreditamos que temos valor e que somos competentes, em vez de nos criticarmos constantemente, alcançamos o tão desejado Bem-Estar. Alcançamos a capacidade de VIVER!

Debora

Gostar de mim!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *